O Buscador

O Buscador
"Quando olho para os Céus, não estou procurando por um Deus que vive no espaço exterior, estou lendo as estrelas e ouvindo os seus mistérios (Tehilim 19)". Deepak Sankara Veda

Faça Uma Tzedaká (Doação)

Faça Uma Tzedaká (Doação)
O Segredo Da Doação

Boas Vindas

"ברוכים הבאים ממסורת עתיקה העברים במדבר". Bem vindo á Antiga Tradição dos Hebreus do Deserto ao "Zen Hebreu". Este site não representa o judaísmo, nada tem haver com judaísmo e com nenhuma de suas vertentes. Este "sítio" é um lugar onde Sabedoria é compartilhada

domingo, 10 de agosto de 2014

Luz - A Cidade Invisível

A Morada De Deus

“E temeu, e disse: Quão terrível é este lugar! Este não é outro lugar senão a casa de Deus; e esta é a porta dos céus. E chamou o nome daquele lugar Bet-Ël, porém havia sido Luz o nome da cidade, no principio”.
Gênesis 28:17 e 19

Orion é uma constelação do equador celeste. As estrelas que compõem esta constelação podem ter como elemento do seu nome o genitivo "Orionis".

É reconhecida em todo o mundo, por incluir estrelas brilhantes e visíveis de ambos os hemisférios.

A constelação tem a forma de um trapézio formado por quatro estrelas: Betelgeuse (Alpha Orionis) de magnitude aparente 0,50, Rigel (Beta Orionis) de magnitude aparente 0,12, Bellatrix (Gamma Orionis) de magnitude aparente 1,64 e Saiph (Kappa Orionis) de magnitude aparente 2.06.

É uma constelação fácil de ser enxergada pois, dentre as estrelas que a compõem, destaca-se a presença de três, Mintaka (Delta Orionis) de magnitude aparente 2,23, Alnilam (Epsilon Orionis) de magnitude aparente 1,70 e Alnitak (Zeta Orionis) de magnitude aparente 2,03, popularmente conhecidas como "As Três Marias", que formam o cinturão de Órion e estão localizadas no centro da constelação.

Nesta constelação também encontra-se uma das raras nebulosas que podem ser vistas a olho nu, a Nebulosa de Órion que é uma região de intensa formação de estrelas.
As constelações vizinhas são Gemini (Gêmeos), Taurus (Touro), Eridanus, Lepus (Lebre) e Monoceros (Unicórnio).

A principal estrela de Órion (α Orionis) conhecida como Betelgeuse é uma estrela de brilho variável sendo a 10ª ou 12ª estrela mais brilhante no firmamento. É também a segunda estrela mais brilhante na constelação de Orion. Apesar de ter a designação α ("alpha") na Classificação de Bayer, ela não é mais brilhante que Rigel (β Orionis).

Acredita-se que o seu nome é uma contração do árabe يد الجوزا yad al-jawzā, ou "a mão do (guerreiro, homem) do centro". Jauza, o do centro, inicialmente se referia a Gémeos entre os Árabes, mas a algum momento decidiram referir-se a Orion por este nome. Durante a Idade Média o primeiro caracter do nome y (ﻴ, com dois pontos sob ele), foi erroneamente traduzido para o Latim como um b (ﺒ, com um ponto apenas), e Yad al-Jauza tornou-se Bedalgeuze. Então, durante o Renascimento, alguém tentou derivar o nome árabe deste nome corrompido, e decidiu que ele foi escrito originalmente como Bait al-Jauza. Esta pessoa imaginativa então declarou que Bait seria "braço" em Árabe, para surpresa dos árabes em todo o mundo. Um linguista sem nome da Renascença então "corrigiu" a grafia para Betelgeuse, e o termo moderno nasceu. Para que Betelgeuse tivesse o sentido do "braço do centro", o original deveria ser ابط Ibţ (al-Jauza).

Mas o que é Betelgeuse? O nome é na verdade “Bet-Ël Geuse” cujo o significado é “O Centro da Casa de Ël (Deus)”.

Betelgeuse é na verdade o Portão de entrada para a Casa de Deus, o Criador, pois é um berçário estelar, uma fabrica de estrelas e é ali que Deus mora, conforme o sentido literal do texto do Gênesis, mas há outros profundos mistérios.

A matriz acima é a do capítulo 28 do Gênesis e dentro deste texto eu encontrei “Kassil” que é o nome hebreu de Órion codificado e que é cruzado pelo verso 16 que diz “Acordando, pois, Jacó do seu sono, disse: Na verdade o Senhor está neste lugar; e eu não o sabia”.

A Cidade Invisível

"Ele construiu uma cidade e lhe chamou Luz; que é o seu nome até o dia de hoje” 

Juízes, 1, 26

Luz (לוז) é o local bíblico de sonho angelical de Jacob, como mencionado acima, e é também conhecida como a Casa de Deus ea Porta para o céu. Luz é uma cidade impenetrável na antiga terra de Israel, que só pode ser acessada através de uma caverna secreta escondida por uma árvore de avelã. Além disso, é-nos dito que, depois que foi conquistada, outra cidade também chamada Luz foi construída em outro país oriental, uma virtual "Shangri-la", onde a morte não existe e só a verdade pode ser dita.

É tão certo que a entrada desta cidade inter-dimensional é secreta e que não pode ser vista a olhos nus e por qualquer um, que alguns versos no Livro de Shofetim (Juízes), nos dizem: E a casa de José mandou espias a Betel, e foi antes o nome desta cidade Luz. E viram os espias a um homem, que saía da cidade, e lhe disseram: Ora, mostra-nos a entrada da cidade, e usaremos contigo de misericórdia (Juízes 1:23-24)”.

Há um profundo enigma aqui que deixa claro que a cidade é invível aos olhos, porque os espias, que eram dotados de habilidades místicas entre as quais incluía-se levitação e invisibilidade, viram um homem sair dela, mas eles não viram a cidade a ponto de captura-lo e “motivá-lo” a monstrar-lhe a entrada secreta para cidade.

“E, mostrando-lhes ele a entrada da cidade, feriram-na ao fio da espada; porém àquele homem e a toda a sua família deixaram ir”.

Juízes 1:26 

Estaria esta cidade inter-dimensional situada neste mundo, acima dele ou dentro da Constalação de Órion?

PASSAGEM PARA ORION?

Um universo paralelo é uma hipotética realidade separada que coexiste com a nossa própria realidade. Um grupo específico de universos paralelos é chamado um "multiverso", embora este termo também pode ser utilizado para descrever os possíveis universos paralelos que constituem a realidade. Embora os termos "universo paralelo" e "realidade alternativa" são geralmente sinônimos e possam ser intercambiáveis na maioria dos casos, há por vezes uma conotação implícita adicional com o termo "realidade alternativa" que implica que a realidade é uma variante do nosso próprio. O termo "universo paralelo" é mais genérico, sem quaisquer conotações que impliquem uma relação, ou falta de relacionamento, com o nosso próprio universo. Um universo onde as próprias leis da natureza são diferentes - por exemplo, aquele em que não há leis de movimento - seria na contagem geral, como um universo paralelo, mas não uma realidade alternativa. 

A hipótese da mecânica quântica real de universos paralelos é "universos que são separados uns das outras por um único evento quântico.

Seria a Cidade de Luz uma realidade alternativa ou um outro universo escondido na Constelação de Órion. O texto bíblico deixa claro que a cidade era invisível aos olhos e que pessoas ao saírem dela, tornavam-se visíveis.

Dentro do texto hebraico de Juízes temos codificado a ocorrência do nome hebreu de Órion (Cassil) duas vezes.

Este mistério profundo aqui revelado me fez recordar o filme A Múmia, no qual a cidade de Hamunaptra é invisível aos olhos e só pode ser vista pelos que sabiam o segredo.

Esta claro agora que, dentro da Sabedoria Escondida da Torah há mistérios praticamente insondáveis e de aterrorizar a alma e por esta razão foram escondidos.



Compre aqui o livro 'Os Filhos Das Estrelas'

Um comentário:

NDNA disse...

Não sei se por conhecidencia:

O Abrigo:

http://nemdeusesnemastronautas.blogspot.com.br/2012/12/o-abrigo.html


Postagem em destaque

Reencarnação Através Do Beijo

Recebendo A Neshamá De Briá Experiência Pessoal (Artigo Em Construção) "Dá-me os teus lábios e eu te darei a minha alma (n...

Leia também...

O Artesão Da Luz

O Artesão Da Luz
Deepak Veda - Instrutor e compartilhador sobre a Sabedoria Espiritual. Sênior criptólogo especialista em Criptologia Divina. É escritor e autor de 14 obras, incluindo "Shem ha'Meforash - Os 72 Nomes De D'us" e "Guilgulim - O Portal Das Reencarnações".

Advertência

"Todas as palavras postadas aqui tem por finalidade a revelação dos mistérios das escrituras. Por mais duras que algumas vezes possam parecer, elas não tem finalidade de agredir, difamar, caluniar quaisquer pessoas, instituições, religiões ou quaisquer práticas religiosas e seus líderes. É certo que determinadas práticas e seus respectivos lideres precisam sim serem trazidos à luz, mas através da revelação da verdade"

Tradição

"Então, aqueles que são sábios brilharão como o esplendor (Zohar) do firmamento, e aqueles que retornaram à justiça para muitos, serão como as estrelas para sempre (Dani´El Péreq 12, 3º Passuq)".

Aviso

"A Hayk´la Arazuta não possui vínculos ou ligações com quaisquer endidades "judaicas" e nem mesmo com qualquer federação. A Hayk´la Arazuta não é siosnista e não crê no sionismo. Os rabinos da Hayk´la Arazuta não possuem ligação e nem seguem ou servem ao "judaísmo rabínico". A Hayk´la Arazuta avisa que qualquer um que proferir calúnias, difamações, ataques contra a honra da Comunidade, seus lideres e membros, ameaças de quaisquer tipo, os autores serão levados ao Judiciário através de processos cíveis e criminais. Copiar, distorcer e usar pejorativamente assuntos e experiências aqui publicadas, os autores serão processados. A Hayk´la Arazuta d´Madvra é um Orgão da Associação Cabalista Mundial - Gará Kulam Moshav, organização esta devidamente registrada junto ao Governo Federal Brazileiro de acordo com a Lei e possui CNPJ.".